SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO

  A+

Sobre o Município

História

História

Várzea Branca - PI

...

Emancipação política

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Várzea Branca, em -1985, com topônimo, área territorial e limites estabelecidos pela Lei Estadual nº 4477, de 29-04-1992, desmembrado do município de São Raimundo Nonato.


Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Várzea Branca, pelo artigo 35, inciso II, do ato das disposições constitucionais transitórias da Constituição Estadual de 05-10-1985, com topônimo, área territorial e limites estabelecidos pela Lei Estadual nº 4477, de 29-04-1992, desmembrado do município de São Raimundo Nonato. 
Sede no atual distrito de Várzea Branca (ex-povoado). 
Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1993. 
Em divisão territorial datada de 1999, o município é constituído do distrito sede. 
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.Várzea Branca é um município brasileiro do estado do Piauí, fundado em 29 de abril de 1992. 

 

Sobre o município

Localiza-se a uma latitude 09º14'20" sul e a uma longitude 42º57'50" oeste, estando a uma altitude de 439 metros. Sua população estimada em 2004 era de 4.913 habitantes. Apresenta um clima semiárido tropical, com expectativa de umidade sub-úmida seca. A precipitação pluviométrica situa-se em torno dos 800mm que geralmente se distribuem ao longo dos meses de dezembro-janeiro-fevereiro-março, sendo esses os meses mais chuvosos no município.

As temperaturas máximas podem chegar até os 34ºC, enquanto que as mínimas alcançam os 20ºC, sendo setembro, outubro e novembro os meses mais quentes do município.

O município tem como limite os municípios de São Braz do Piauí e Bonfim do Piauí ao norte, Fartura do Piauí e o estado da Bahia ao sul, Bonfim do Piauí ao leste e, Anísio de Abreu e São Braz do Piauí a oeste.

Várzea Branca tem sua economia voltada aos setores primário e terciário. O PIB, que atualmente gira em cerca de 17.890 mil reais é constituído por 543 mil reais de arrecadações em impostos sobre produtos líquidos, 1.940 mil reais do setor pecuário, 1.632 mil reais da industria, e 13.775 mil reais de mão de obra e serviços.

No município há pelo menos dois domínios geológicos distintos, a saber: coberturas sedimentares e embasamento cristalino (granito, xisto).

Os solos da região são rasos ou pouco espessos, jovens, às vezes pedregosos, ainda com influência do material subjacente. Dentre os solos regionais predominam latossolos álicos e distróficos de textura média a argilosa. Secundariamente, apresenta ainda, solos podzólicos vermelho-amarelos, textura média a argilosa, fase pedregosa e não pedregosa, com misturas e transições vegetais.

O município localiza-se dentro da bacia do Parnaíba, a mais extensa entre as 25 bacias da Vertente Nordeste, ocupando uma área de cerca de 3,9% do território nacional, abrangendo os estados do Piauí, Maranhão e Ceará.

Mais precisamente, a região integra a bacia do Rio Piauí, afluente do Rio Parnaíba e principal recurso hidrico do município.

Uma alternativa ao abastecimento hídrico é a utilização de poços tubulares, que estão distribuídos como recursos públicos ao longo do espaço territorial do município. Atualmente existem cerca de 23 poços públicos no município.

O panorama demográfico do município é bastante retraído, como mostra os dados da fundação CEPRO, o município apresenta um problema de êxodo bastante acentuado como pode ser visto nas estáticas dos anos 2000, 2007 e 2010.

  1. 2000 - População: 5.203
  2. 2007 - População: 5.178
  3. 2010 - População: 4.913

A população urbana do município corresponde a 23,4% do total, em 2010.

 

Wikipédia e IBGE