MEC destaca a importância do diálogo com gestores da Rede Federal

Representantes do Ministério da Educação (MEC) estiveram presentes, ontem (23), na cerimônia de posse da nova diretoria do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). O evento foi transmitido de forma on-line e marca o início dos trabalhos dos novos reitores empossados para a gestão do conselho 2021-2022. Durante a solenidade foi destacado como o MEC tem buscado diálogo com as instituições para a consolidação da Rede Federal, e também para a promoção de políticas que fortaleçam o ensino profissional em todas as suas modalidades.

O Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro, foi representado na cerimônia pelo secretário-executivo, Victor Godoy Veiga, que destacou a importância do trabalho conjunto como fator preponderante para levar a Educação Profissional e Tecnológica (EPT) para milhões de brasileiros. Segundo ele, é um compromisso do atual governo de investir na educação profissional e na consolidação da rede, “contribuindo para o incremento de oportunidades e de formação técnica de nível médio, do desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas aplicadas, evidenciando e colocando os programas de qualificação dentro da agenda estratégica do governo do presidente Jair Bolsonaro”, afirmou o secretário.

A Rede Federal conta hoje com mais de 1 milhão de matrículas e está presente em 582 municípios do país. Esses dados, segundo o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Wandemberg Venceslau, mostram os esforços de consolidação da rede e a relevância da oferta do ensino profissional para jovens e adultos, principalmente nas regiões do interior do país. “Essa gestão tem mantido as portas abertas para o diálogo, um diálogo que é feito de uma maneira muito transparente, ouvindo as necessidades das instituições, tentando diagnosticar o que é possível, o que é factível e buscando soluções”, relatou Wandemberg.

O Conif atua na articulação das instituições que compõem a rede, e também na realização de proposições para a promoção das políticas de desenvolvimento da formação profissional e tecnológica, da pesquisa e da inovação. O ex-presidente do conselho, Jadir José Pela, reitor do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), iniciou o evento apresentando um panorama das ações realizadas no último ano, em que esteve à frente do Conif, enfatizando os desafios vividos pela EPT, além das parcerias formalizadas em prol das instituições.

A nova presidente do Conif, Sônia Regina de Souza Fernandes, reitora do Instituto Federal Catarinense (IFC), analisou a complexidade do trabalho desempenhado pelas instituições na oferta do ensino de qualidade que permeia desde a qualificação profissional à pós-graduação, e enalteceu a importância da presença das instituições nas diversas regiões do país, atendendo aos diversos públicos que necessitam de oportunidades de oferta da educação.



Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica/SETEC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *